Colher para Mel
Dispensador em madeira para mel ou geleia.
1,50 Adicionar
Favo em Mel 250g

Comendo favos de mel

Passo 1

Corte o favo em um pedaço de tamanho que dê para morder. Coloque na boca e masque como se fosse um chiclete. Isso vai liberar todo o mel. Você pode comer a cera, se quiser, ou removê-la depois que não houver mais mel.

Passo 2

Para extrair o mel, coloque um pedaço de favo em uma tigela rasa grande o suficiente para comportar todo o mel que sair.

Passo 3

Esmague o favo gentilmente com as costas de uma colher grande. Pressione a cera para baixo repetidamente até que ela fique esmagada no fundo da tigela. Quando a cera é pressionada, as células do favo se partem, liberando o mel na tigela.

Passo 4

Tire a cera da tigela com um garfo quando todo o mel for extraído. Coloque a cera em um coador sobre a tigela e deixe escorrendo.

Passo 5

Remova o coador e descarte a cera, ou enxágue e guarde para utilizar em projetos futuros, como produção de velas. Use o garfo para remover pedaços excedentes da cera no mel. Use o mel imediatamente ou armazene em um pote para usar depois.
8,90 Adicionar
Mel do Gerês 1kg – 100% Puro
Peso: 1kg Propriedades Terapêuticas: é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido (excepto no Inverno que fica, em norma, sólido), é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido e processado pelas enzimas digestivos desses insectos, sendo armazenado em favos nas suas colmeias para lhes servir de alimento durante o Inverno. Além de ser utilizado com adoçante, o mel sempre foi reconhecido devido às suas propriedades terapêuticas. De cor dourada e envolto nos aromas da serra do Gerês, tem um sabor único e doce. Descrição: Mel com predominância de Eucalipto.
7,50 Adicionar
Mel do Gerês 500g – 100% Puro
Peso: 500g Propriedades Terapêuticas: é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido (excepto no Inverno que fica, em norma, sólido), é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido e processado pelas enzimas digestivos desses insectos, sendo armazenado em favos nas suas colmeias para lhes servir de alimento durante o Inverno. Além de ser utilizado com adoçante, o mel sempre foi reconhecido devido às suas propriedades terapêuticas. De cor dourada e envolto nos aromas da serra do Gerês, tem um sabor único e doce. Descrição: Mel com predominância de Eucalipto.
5,00 Adicionar
Mel Dom Sebastião 1kg – (Trás os Montes)
Peso: 1kg Origem: Serra do Montesinho (Trás os Montes) Descrição: Mel com predominância em Urze (mel escuro).   Propriedades Terapêuticas: é um alimento, geralmente encontrado em estado líquido (excepto no Inverno que fica, em norma, sólido), é produzido pelas abelhas a partir do néctar recolhido e processado pelas enzimas digestivos desses insectos, sendo armazenado em favos nas suas colmeias para lhes servir de alimento durante o Inverno. Além de ser utilizado com adoçante, o mel sempre foi reconhecido devido às suas propriedades terapêuticas. De cor escura e envolto nos aromas da serra do Montesinho (Trás os Montes), tem um sabor forte e intenso.
8,00 Adicionar
Pack Sabores Nacionais
Pack Sabores Nacionais   Constituído por: Mel do Gerês-500g Sal Rosa dos Himalaias- 500G Licor de café- artesanal Rosa Caixa 100% Artesanato Nacional (modelo único e com tampa)
29,90 Adicionar
Polen
O pólen de abelha é um alimento extremamente completo e contém uma grande quantidade de elementos que outros produtos de origem animal não têm. A composição nutricional do pólen de abelha varia de acordo com a fonte de alimentação destas, ou seja, dos diferentes tipos de flores de onde elas colhem o seu pólen. Algumas análises mostraram uma grande diferença de fonte para fonte. Pelo menos, deve optar sempre pelo pólen de abelha orgânico ou selvagem.
  • Vitaminas: pró-vitamina A, B1, B2, B3, B5, B6, B12, biotinaácido fólico (B9), vitamina CDEK, vitamina P (bioflavonoides), inositol, rotina e colina.
  • Minerais: o pólen pode conter até a 60 elementos, incluindo: cálcio, cobre, iodo, ferromagnésio, manganês, potássio, fósforo, silício, enxofre, sódio e zinco.
  • Aminoácidos: são 22 aminoácidos no total, tais como: cisteína, lisina, histidina, arginina, ácido aspártico, treonina, glutamina, prolina, glicina, alanina, valina, metionina, isoleucina, leucina, tirosina, fenilalanina e triptofano.
  • Ácidos gordos: inclui os ácidos gordos essenciais, tais como, ómega-3, ómega-6, ácido palmítico (também presente no óleo de coco), ácido oleico, entre outros.
  • Enzimas: o pólen de abelha pode conter até 11 enzimas e 5000 coenzimas, incluindo amilase, catalase, transferase, citocromo, desidrogenase, diaforase, diastase, ácidos láctico, pectinase, zimasa e fosfatase.
  • Hidratos de carbono: possui até 11 tipos diferente de glícidos, variando de polissacáridos até açúcares simples, tais como a maltose, xilose, galactose, ramnose, frutose, glicose, pentose, rafinose, estaquiose e sacarose.
  • Carotenoides: xantofilas, quercetina e carotenos.
  • Outros compostos: o pólen também contém aminas, nucleína, guanina, xantina, hipoxantina, vernine, ceras, gomas, resinas, hidrocarbonetos, esterois, polipéptidos, ribose, desoxirribose, ácido hialurônico, óleos vegetais e vários fatores de crescimento.
8,90 Adicionar